mulheres empreendedoras de sucesso
Empreendedorismo Para se inspirar: 6 Mulheres Empreendedoras de Sucesso 31/05/2017

Com as mudanças no mercado de trabalho, as mulheres tiveram que se reinventar e muitas delas tomaram a posição de chefe de família, se tornando grande empreendedoras para inspirar.

Uma pesquisa apontou que elas hoje consomem mais produtos do que os homens, e por isso vem se destacando como grande negociadoras.

Mas muitas mulheres, sabendo que poderiam fazer mais e querendo ser referência para outras, apostaram em diversos segmentos e conquistaram o sucesso com uma garra empreendedora que antes só era vista no mercado masculino.

Pensando nisso, nós da Casa Escritório Sempre Limpo, que estamos sempre apoiando as mulheres, selecionamos algumas empreendedoras para inspirar:

Tânia Gomes Luz

Tânia, é uma daquelas mulheres que não se viu satisfeita com os padrões estipulados pela sociedade.

Ela tinha imensa dificuldade em achar sapatos nas numerações 33 ou 34 e percebeu que muitas mulheres passavam pela mesma situação.

Vendo o grande potencial desse mercado, e querendo ajudar a si mesma, Tânia foi atrás de investimento e inaugurou a loja 33e34 com uma grande variedade de modelos para atender esse público exigente.

Zica Assis

Essa carioca era empregada doméstica, mas sempre se destacou das demais mulheres da comunidade porque nunca se contentou em ter um cabelo afro e que não pudesse usá-lo da maneira correta, tendo que seguir os padrões de beleza que diziam que toda mulher tinha que ter cabelo liso.

Depois de muitos experimentos, e histórias engraçadas, Zica se tornou dona do Instituto de Beleza Natural, uma rede voltada para o tratamento de cabelos crespos e ondulados.

Hoje, sua fábrica lidera as empresas que são focadas em produtos para o cabelo, além de possuir um centro de desenvolvimento técnico para a qualificação de profissionais e salões espalhados pelo país com foco em cabelos crespos.

Cátia Magalhães

Anos atrás, Cátia possuía uma loja de roupas em Osasco – SP. Desde que a economia ficou abalada, ela trabalhou incansavelmente, deixando a família de lado e as dívidas, só aumentando. Vivendo desta forma, Cátia estava cansada e desmotivada, então encontrou uma saída, uma outra forma de negócio, onde não precisava investir alto e teria um retorno rápido.

Descobriu a micro-franquia, e se tornou uma parceira da Casa Escritório Sempre Limpo. Hoje a franqueada Cátia Magalhães se sente feliz, motivada, já conquistou um faturamento de mais de 50% do que imaginava ter, logo no início.

Andrea Vasques

Como não conseguia encontrar lingeries bonitas e adequadas ao seu tipo físico, Andrea percebeu que tinha chegado a hora de mudar isso.

E vendo que muitas outras mulheres passavam pela mesma situação, e que não havia um mercado especializado para elas, Andrea procurou uma confecção e começou a revender as lingeries tamanho GG em pequenos comércios.

Como a procura foi muito alta, e devido à grande demanda, a empreendedora abriu a Andrea Vasques Moda Plus Size, e hoje é uma das maiores referências neste mercado.

Luiza Helena Trajano

Você alguma vez já deve ter entrada em alguma loja da Magazine Luiza mas nunca parou pra pensar quem seria essa mulher que dá nome a uma das maiores redes de varejo do país.

Bem, Luiza Helena Trajano viu que a loja iniciada pelos tios, no interior de São Paulo, poderia se tornar um grande negócio.

Ainda jovem, conseguiu ampliar a pequena loja da família em mais de 700 pontos espalhados por 16 estados brasileiros.

Assim, Luiza mostrou que era possível ser mulher e empreendedora, e não mediu esforços para prosperar.

Considerada como uma referência no mundo dos negócios, Luiza já fez parte do Top 3 das empreendedoras mais poderosas do Brasil, de acordo com a revista Forbes.

Acredita-se que a fortuna da empreendedora esteja na casa dos R$ 1 bilhão de reais.

E com esse grande reconhecimento, Luiza se tornou uma das mulheres mais respeitadas e admiradas no mundo dos negócios e empreendimento. Ela acredita que todas mulheres têm potencial para crescer e conseguir ultrapassar a barreira do preconceito de que somente os homens podem ter sucesso.

Cleusa Maria da Silva

Quem nunca ouviu a história que somente pessoas que nascem em berço de ouro consegue sucesso profissional? Mas esse não foi o caso de Cleusa Maria da Silva.

Aos 9 anos de idade, Cleusa era cortadora de cana, mas sua vida iria mudar se tornando um dos maiores faturamentos do Brasil no ano de 2016.

E como foi essa mudança? Vendo a necessidade de aumentar o orçamento familiar, Cleusa começou a fazer bolos caseiros e vender para amigos e vizinhos.

Como o produto era muito bom, a demanda aumentou e ela acabou criando a Sodiê Doces.

A marca é especializada em diversos tipos de tortas e bolos, e conta hoje com mais de 230 franquias em todo o país, se tornando uma das maiores empreendedoras que o Brasil já teve nos últimos anos.

Gostou do nosso Top 6 mulheres empreendedoras de sucesso? Se você tem alguma mulher que te inspira, compartilha conosco nos comentários.